Quando um homem se cansa de Londres, ele está cansado da vida; porque há em Londres tudo que a vida pode trazer. - Samuel Johnson


    Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Compartilhe
    avatar
    Night's Lord
    Admin

    Mensagens : 412
    Data de inscrição : 09/03/2016

    Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Night's Lord em Ter Maio 08, 2018 10:33 am

    Após uma série de ajustes, como onde iriam ficar em Londres, quanto tempo pretendiam ficar, quando embarcar e todas essas particularidades chatas, os improváveis aliados partem para a terra da Rainha.

    O objetivo de ambos era claro. Ampliar os seus respectivos negócios, representar vossos clãs perante os Ventrue para melhorar a imagem de seus clãs, após os últimos acontecimentos.

    Não só Londres e a Inglaterra vinham ocorrendo eventos estranhos, muitos acreditando ser o apocalipse, a gehena, o ragnarok na terra, mas para seres mais estudados, isso não passava de artimanhas e rituais sombrios para gerar o caos.

    Matteu já investigava em Paris esses casos, e até o momento, tinha estudado tudo o que podia, pois quem estava por trás desses eventos, eram profissionais que sabiam o que faziam, e não deixavam ponta soltas para serem seguidas, e as que eram deixadas, logo eram cortadas, como ocorreu com o assassinato de alguns algozes de Paris e região, e de outros membros do clã Giovanni e Nosferatu, até mesmo alguns Gangrel encontraram a morte final, pois deveriam ter algum momento encontrado algo que não deveriam, em suas andanças.

    Amelie tinha seus contatos pelo mundo, pois contrabandeava muitas coisas, desde livros raros, até meninas virgens que serviriam tanto para algum ritual de sacrifício ou para suas casas de shows, e foi aí que se encontrou e formou a amizade com Matteu, pois transportar relíquias dentro de caixões eram algo que poucos desconfiavam, e ela precisava de alguém para dar fim aos corpos sem vida que eventualmente chegavam das longas viagens que faziam ao redor do mundo, e a funerária de Matteu era perfeita para isso.

    Amelie vinha tendo problemas com seu comércio, pois devido aos últimos acontecimentos, poucos queriam se arriscar, principalmente quando se tratava de artigos religiosos, pois muitos de seus traficantes, de seus contatos, eram homens supersticiosos, mas um contato do Egito lhe havia trazido uma cópia do livro dos mortos, um livro extremamente raro e difícil de se achar, e ao saber disso, Matteu tentou ler, estudar o mesmo, mas devido a estar escrito em Egíto Antigo, mais precisamente em hieróglifos antigos, que lhe foi impossível.

    Após todos os preparativos, inclusive de uma comprar de mercadoria da Inglaterra e outros lugares do mundo, que deveria chegar lá antes de vocês dois, e já levado ao imóvel que Amelie havia comprado.

    Amelie também havia comprado madeiras especiais de países longiquios, para que Matteu pudesse fazer seus caixões das mais variadas formas.

    No porto da Bretanha, algo inesperado havia acontecido. O Navio de vocês havia pego fogo após um outro navio que estava perto dele, ter explodido, matando vários marinheiros de ambos os navios, e após algumas conversas, vocês descobrem que quem deveria estar naquele navio, era Isabelle du Champagne, um nosferatu conhecida por sua ferocidade na luta contra o Sabá, e que havia sido convidada para assumir o cargo de Primigênie do clã em Londres.

    Alguém não queria que ela chegasse a Londres...
    avatar
    Amelie

    Mensagens : 12
    Data de inscrição : 30/04/2018

    Amelie - Chegada - MAateo

    Mensagem por Amelie em Ter Maio 08, 2018 11:36 am

    *Amelie parecia exasperada, detestava imprevistos, em sua não vida era tudo metodicamente planejado, ou quase isso. Aquilo eram negócios e negócios deveriam ser meticulosamente arquitetados.
    Passando os dedos longos e alvos pelas madeixas ruivas ela deixa escapar um suspiro.
    Os olhos cor de safira percorrem rapidamente o porto, procurando por seus lacaios que a esperam de prontidão.
    Aquilo diminui um pouco sua irritação, não entendia como aquele tumulto era possível, a situação de Londres parecia ainda mais preocupante, fora do controle até.
    Alguns membros de outros clãs pareciam ser deslocados para a cidade da Rainha, e aquela ofensiva aberta, a deixava um pouco receosa.
    O regente à havia enviado como uma oferta de “amizade”, sabia que seu clã não estava com a reputação manchada por aquelas terras, mas Amélie fora escolhida a dedo para mudar isso.
    Aproveitaria a oportunidade por ampliar sua rota de tráfico, nunca entendera porque Antônio não havia firmado um posto em Londres, a cidade parecia-lhe bastante promissora.
    Dando os ombros ela fita seu acompanhante, à espera de algum comentário, ele falara bastante durante o percurso e se mostrara uma companhia agradável.*


    - Parece que não chegamos no melhor momento não é?

    *A voz cristalina reverbera, e chama atenção de alguns transeuntes, mas a toreador não parece notar,  ou apenas acostumou-se à reação das pessoas à sua voz.*
    avatar
    Matteo

    Mensagens : 13
    Data de inscrição : 07/05/2018

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Matteo em Ter Maio 08, 2018 7:37 pm

    Matteo estava estupefato da viagem, falou muitas vezes sobre muitas coisas, ora com sua acompanhante Amélie, ora com algum subordinado e em muitas das vezes sozinho.


    .....

    A viagem tinha sido tranqüila, até avistarem a confusão no porto de Londres. Matteo tirou seu chapéu, deixando escapar um sorriso de canto de boca, o vampiro não se destacava por beleza, porém, era bonito e dispunha de um misterioso olhar. Ficou por um momento murmurando quase de forma inaudível, palavras desconexas para aqueles que conseguiram ouvi-lo, mas que para ele era quase um ritual.

    ....

    Sua atenção se volta para sua Companhia, que lhe dirigiu a palavra, botando o chapéu o Vampiro disse:

    -Complicadas para uns, oportunidade para nós, afinal, morte é meu negócio e contrabando o seu, talvez esse tumulto seja bom para os negócios e também podemos usar isso para conseguir algo da Rainha..

    Amélie sabia que Matteo não era um homem ganancioso, ele estava mais para um maldito excêntrico, sensitivo, que era tão meticuloso quanto ela, um jogador de xadrez que ouvia o sussurro dos mortos para o xeque.

    ....

    Matteo então sorri, de forma descontraída e diz:

    -Enfim, você teve algum prejuízo? Se houve, o que pretende fazer?

    Os serviçais de Matteo já se preparavam para o serviço importo por seu senhor.

    Enviado pelo Topic'it
    avatar
    Amelie

    Mensagens : 12
    Data de inscrição : 30/04/2018

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Amelie em Ter Maio 08, 2018 9:28 pm

    * A toreador apenas sacode a cabeça negativamente diante da atitude do Giovanni; exibe um meio  sorriso; ele era deveras peculiar.  
    Levando as mãos até o colo, faz beicinho e franze o  cenho; tentando calcular se para ela haveria de fato algum prejuízo.  Se passam alguns segundos antes que a ruga deixe o semblante de Amélie.:*

    - Creio que não.  Não ao menos que possa calcular de imediato. Foi tudo arranjado com antecedência.  E o mais importante trago  junto a mim.


    * Ela da uma piscadela maliciosa para o Giovanni e bate com a mão na crenolina; na altura de sua anca.*

    - Creio que devemos ser céleres. Não resolvermos a situação que aqui está instaurada  com nossas forças. Sigamos o plano mestre.

    * Uma vez mais os olhos cor de safira recaem sobre o caos que domina o Porto. A toreador até gostava de caos; mas não nessa conjuntura.*
    avatar
    Matteo

    Mensagens : 13
    Data de inscrição : 07/05/2018

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Matteo em Qua Maio 09, 2018 2:18 pm

    Matteo-Amelie


    Matteo acendeu com a cabeça positivamente, mostrando entender as palavras de sua companheira, então disse:

    -Sendo assim vamos! Nossos criados cuidaram de nossas bagagens..

    O Vampiro ajeitou sua gravata e estendeu o braço para Amelie de forma respeitosa, para que a mesma lhe acompanhasse pelo porto, enquanto esperava que a mesma tomasse seu braço, dizia:

    -Acredito que o ideal é acharmos outra conexão não é mesmo?


    Última edição por Matteo em Qua Maio 09, 2018 8:37 pm, editado 1 vez(es)
    avatar
    Amelie

    Mensagens : 12
    Data de inscrição : 30/04/2018

    Amélie-Matteo

    Mensagem por Amelie em Qua Maio 09, 2018 2:47 pm

    * As palavras do Giovanni são recebidas com atenção, mesmo o olhar estando distante. Aquilo tudo não podia deixar de desperta a curiosidade da Toreador.
    Com um gesto delicado ela aceita a oferta de seu acompanhante, enlaçando seu braço no dele, se deixando ser conduzida como ditavam as boas maneiras.*

    - Bem, chegamos em uma noite memorável, não é sempre que tenho a chance de presenciar um navio explodindo.

    *Ela olha na direção dos destroços.*

    -Você não precisa coletar alguma coisa?

    *Depois, antes mesmo que Matteo responda ela sacode os ombros, a pergunta fosse retórica, afinal o Giovanni sabia muito mais dos próprios negócios que a Toreador. Ela olha uma vez mais na direção do navio, ideias lhe ocorriam naquele momento e nada tinham a ver com a cena à sua frente. Ela sacode a cabeça de leve um sorriso indecifrável distende os lábios bem cuidados*

    - Sim, creio que o mais sensato seria nos dirigirmos ao Elisium, acredito que esta será uma noite bastante atribulada.

    * Ao dar-se conta que parecia por demais calma diante da situação, ela segura o braço do Giovanni com mais  força,e seu semblante transfigura-se em uma expressão de medo, como era de esperar de uma dama naquela situação.*
    avatar
    Matteo

    Mensagens : 13
    Data de inscrição : 07/05/2018

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Matteo em Qua Maio 09, 2018 3:52 pm

    Matteo-Amelie

    Matteo meneou a cabeça positivamente a Amelie, enquanto seguiam a respondendo:

    -Meus serviçais irão cuidar das coisas que haviam no navio, na verdade acredito não ter nenhum tipo de prejuízo real.

    Olhando para o céu e respirando fundo, mesmo que fosse algo realmente forçado, afinal, a anos não precisava daquela função como os mortais. Então prosseguiu:

    -De fato fora uma noite memorável, apesar das perdas, prefiro pensar que foram os fogos de artifícios para nossa chegada.


    Vendo a dissimulação de sua companheira, Matteo apenas pousou a mão sobre a mão de Amelie, como um cavalheiro que tentava sanar o medo. Por fim concluiu:

    -Então, melhor procurarmos algum navio seguro para nos levar.

    .
    avatar
    Amelie

    Mensagens : 12
    Data de inscrição : 30/04/2018

    Amelie - Matteo - Narração

    Mensagem por Amelie em Qui Maio 10, 2018 7:54 am

    *Amélie aperta o braço de Matteo com mais força em uma clara demostração de medo, aproximando-se ainda mais, mas, quando fala, sua voz é tão serena quanto um lago, contradizendo completamente a expressão de temos em seu rosto.*

    -Acredito que nosso navio está incapacitado de nos conduzir.

    *Ela deixa seu olhar perder-se por algumas frações de segundo, observando o pânico.*

    -Espero que esse imprevisto não acabe por atrasar nossa chegada, detesto fazer com que esperem por mim.

    *Como se houvesse contado uma piada, ela desmancha por alguns segundos a expressão de pânico em seu semblante e exibe um meio sorriso enigmático, voltando rapidamente à sua face anterior.
    Os olhos azuis perscrutam rapidamente o porto, tentado buscar em sua mente onde mesmo ficava aquele capitão com que negociara não tinha muito tempo.
    Certamente ele teria ou indicaria uma nau ou uma pequena galera que poderia fazer o serviço de transporte com rapidez e segurança, mediante é claro de um pagamento generoso.*

    -Acredito que possamos tomar outra embarcação sem demora. A notícia sobre a nosferatu já deve correr esses caminhos como fogo em uma trilha de pólvora. Seja lá quem planejou este ataque, aparentemente foi bem sucedido. Merece com certeza ao menos reconhecimento por seu planejamento estratégico, e com algum pesar lamento que esteja do lado errado nesse embate.


    *Ainda agarrada com “medo” ao braço de Matteo, ela imperceptivelmente conduz o Giovanni na direção da nau do negociante.*
    avatar
    Night's Lord
    Admin

    Mensagens : 412
    Data de inscrição : 09/03/2016

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Night's Lord em Qui Maio 10, 2018 5:12 pm

    O casal vigiava e olhava a situação a sua volta, tentando achar algo para fazer,
    principalmente achar um barco para irem para Londres. Em quanto caminhavam pelo porto, uma jovem senhora, acompanhada de um homem tipicamente espanhol, os aborda com um sorriso malicioso no rosto.


    Mulher:- Devo supor que o belo casal iria para Londres no navio que pegou fogo por causa do meu... Uma infelicidade isso... Mas posso lhes oferecer um outro navio, mais rápido, mais seguro, em que o Sr. Matteo e a sra Anne poderia chegar ainda hoje a Londres ou no máximo amanhã cedo, pois pretendo ir o mais rápido possível para lá também. Tenho muito o que fazer por lá. A propósito, meu nome é Isabelle du Champagne, e esse é meu fiel amigo, Javier el Relâmpago.


    Ambos já tinham ouvido falar deles. Um casal conhecidos por aterrorisar o Saba em todo o Sul da Europa, a ponto de Monçada ter colocado um prémio enorme sobee suas cabeças.

    Ela deveria estar no barco que explodiu, e parecia menos preocupada que vocês nesss noite luminosa de foggo ardente...
    avatar
    Matteo

    Mensagens : 13
    Data de inscrição : 07/05/2018

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Matteo em Qui Maio 10, 2018 5:58 pm

    Matteo-Amelie-Narração


    Matteo caminhava com Amelie, para ele, acostumado com a morte e com cenas deveras cruéis, o atentado ao barco fora apenas um intempérie, porém, sabia que apesar da aparência deveras elegante de Amelie, ela era tão acostumada com esses intempéries quanto ele. Então apenas respondeu:

    -De fato é melhor acharmos rápido uma saída para isso, todavia, a pessoa que planejou esse ataque provavelmente fora ludibriado a pensar que havia alguém de tamanha importância nele, não acredito que seja um ataque tão planejado, só precisavam de um mortal manipulado e uma informação e como eu disse, uma informação que fora disseminada para servir como isca.

    O Giovanni olhou para o céu com um sorriso no rosto e concluiu:

    -Ao menos, o céu do porto ficou mais bonito com o vermelho do fogo, por um momento sinto a nostalgia, como se eu pudesse ver novamente o fim de um entardecer...

    ....

    Foi quanto o casal, se aproximou, Matteo como o cavalheiro que era, levantou seu chapéu e fez um breve aceno com a cabeça, para a mulher de sorriso malicioso. Então a ouviu.

    ....

    Quando a mulher acabou de falar e se apresentou, o Vampiro meneou a cabeça negativamente, sorriu, fitando brevemente Amelie, como confirmasse as palavras que ele disse antes de encontrar o casal e voltando sua atenção para Isabelle du Champagne, dizendo:

    -Boa noite, Mademoiselle du Champagne, deixemos de suposições e sejamos diretos, afinal, você sabia para onde o barco ia e inclusive quem somos nós, afinal, nos tratou pelo nome. Acredito que aquele espetáculo ali, digo me referindo ao ataque ao nosso barco, era algo que a senhora também esperava, afinal, a reputação que precede seu nome a faz tomar certos cuidados, inclusive espalhar rumores de onde estará, para desviar a atenção de onde realmente estará.

    Matteo tirou o seu relógio de bolso, olhou de forma como se analisasse algo e colocou-o novamente no bolso, sua postura era de um completo cavalheiro, quase alguém da nobreza e então seguiu:

    -Obviamente aceitaremos sua oferta pelo barco, acredito que como faz parte da mesma seita que iremos ajudar, não teremos problemas e também, acredito que seja o mínimo que a Senhorita poderia fazer para nos reparar não é mesmo?

    O Giovanni era bom com as palavras, até mesmo ousado demais, ele conduzia a conversa como se estivesse falando de igual para igual, mas sabia que aquela Vampira a sua frente, detinha de uma reputação e prestígio que ele talvez jamais tenha, na verdade, que jamais queira. Então com um sorriso no rosto fazendo uma breve reverência, inclinando o corpo, Matteo diz:

    -Apesar de já saber, eu Sou Matteo Giovanni, conhecido entre os nossos como mestre do oculto, aquele que enxerga além da morte, o lunático, entre outras coisas que talvez seja melhor não cita-las.

    Voltou seu olhar para o acompanhante de Isabelle e disse:

    -Um prazer Mr. Javier

    Se colocando de forma ereta, voltou seu olhar para Amelie e disse:

    -Acredito que minha companheira deve querer se apresentar e falar por si mesma sobre sua proposta.

    -Porém, ao meu ver, sua proposta fora suficiente a mim.

    O Giovanni então estica o dedo indicador apontando para trás do Casal (Isabelle e Javier) e conclui:

    -Aqueles que os acompanham, também não me alertaram a não segui-los.

    Matteo então se cala, dando espaço para que Amelie falasse, porém, sua ultima frase, fora confusa e totalmente misteriosa, parece que o Vampiro enxergava realmente algo além.
    avatar
    Amelie

    Mensagens : 12
    Data de inscrição : 30/04/2018

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Amelie em Qui Maio 10, 2018 6:35 pm

    * A toreador faz beicinho quando o Giovanni torna-se nostálgico, nunca gostara de pensar no passado, era sempre o futuro que lhe interessava.
    Aquelas chamas mexiam com a imaginação de Amélie, mas de uma maneira nada convencional.*

    -Quanto tempo será que aguentamos o fogo sem realmente nos queimarmos, e após isso, quanto tempo até sermos completamente carbonizados?

    *Idéias corriam pela mente da toreador, um sorriso sádico se desenhava nos lábios bem pintados, enquanto apenas uma das sobrancelhas se arqueava, por alguns instantes o olhar se tornara predatório.*

    - Quanto pagariam para ser testad…


    *Antes que ela pudesse completar a frase, são interrompidos pelo curioso casal, e brevemente a Toreador aparentou fingido medo, apertando o braço de Matteo. Após a apresentação, ela apenas  sorri de leve, talvez seu acompanhante fosse vidente, a ideia a divertiu por uns breves instantes.
    Afina a situação viera a calhar.
    Após o discurso do Giovanni, Amélie apenas sorri, parecendo um dócil cordeirinho, assentindo com as palavras de Matteo sem discordar.
    A mão que apertava o braço, afrouxa, e ela faz uma mesura profunda.*

    - É um enorme prazer conhecê-los, Srª  du Champagne , Srº Relâmpago… Acredito que já saiba meu nome, mas, mesmo assim apresento-me: Amélie Brochard.


    *Ela ergue-se com elegância fluida, mulheres com sua altura acima da média costumam ser desajeitadas, mas não ela, seus movimentos era harmônicos.*

    - Concordo com o Srº Giovanni, sua oferta veio em boa hora.


    *Franzindo o cenho ela olha através do casal, a sua frente e nada vê, mas, pela pouca convivência que possuía com Matteo, sabia ser ele uma criatura curiosa, e de palavras intrigantes.*
    avatar
    Night's Lord
    Admin

    Mensagens : 412
    Data de inscrição : 09/03/2016

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Night's Lord em Sex Maio 11, 2018 10:57 am

    Realmente o fogo trazia lembranças de um entardecer... um passado meio longínquo a todos ali...

    A Nosferatu pouco muda sua expressão calma em frente aos argumentos e palavras do Giovanni, na verdade preferia as coisas assim... a bela Toreadora era mais recatada, pelo menos nas aparências e pouco falou, mas era perceptível que observava com olhos de águia tudo a sua volta.

    Sem muito mais delongas, a futura Primigênie fala:


    Primigênie Nosferatu: - Pois bem, não vou mentir a vocês... sabia da vinda de vocês, sabia que havia uma possibilidade de atacarem o meu navio no momento em que eu subisse nele, por isso manipulei um coitado que peguei no caminho, e o fiz subir vestindo as mesmas roupas que eu, e outro fiz subir usando as mesmas roupas que meu amigo aqui, e o resultado foi esse.

    Lamente pelo navio de vocês, e pelo dono do navio... não tinha intenções de prejudica-los, pois na verdade não sabia que o navio de vocês iria atracar bem ao lado do meu. Não que importasse na verdade.

    Mas antes de irmos, tem duas pessoas mais para virem conosco.

    o 1º um Ventreu Inglês que estava na Germânia a negócios para a Príncipe Anne, ou Queen Anne como gosta de ser chamada, e o 2º é um lacaio e grande amigo de um membros mais ilustres de meu clã na terra da Rainha.

    Logo logo eles chegarão e aí embarcaremos. Em quanto isso, Sr. Matteo, poderia tentar não falar com os que já se foram em minha presença. Os que já se foram não deveriam voltar, e os que ficaram devem ser encaminhados para o lugar ao qual deveriam ter ido para o descanso eterno.


    Nesse momento você perecebe uma pequena cruz de prata e ouro no pescoço tanto dela, quanto dele, um caso curioso. Não eram raros, mas era incomum vampiros religiosos, ainda mais cristãos.
    avatar
    Matteo

    Mensagens : 13
    Data de inscrição : 07/05/2018

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Matteo em Sex Maio 11, 2018 11:24 am

    Matteo-Todos

    Matteo sorri amigavelmente para a Nosferatu, de fato, como havia suposto aquilo fora um plano para ludibriar seus inimigos.

    "A pergunta é até quando isso irá durar.." *pensou*

    Passando a mão na aba de seu chapéu, por alguns segundos enquanto ouvia a Nosferatu, Matteo parecia pensativo, porém, um sorriso leve no canto de sua boca denotava em sua postura séria. Meneou a cabeça positivamente, ao ouvir as palavras da mesma, referente as condições e disse:

    -Sem problemas, não me oponho esperar esses dois.

    Então voltou o olhar para as cruzes, quando ouviu as palavras sobre evitar falar com aqueles que já se foram, o Giovanni ergueu as sobrancelhas como alguém surpreso e com o olhar curioso concluiu:

    -É algo meio complicado a se fazer, já que muitos deles vem a mim com suas dúvidas e agonias, porém, farei o possível para não tratar com eles enquanto estiverem próximos.

    -Quanto a sua colocação, concordo que os que já se foram não deveriam voltar, é por isso que os que lido com eles, sou um canal para resolver seus assuntos pendentes e para guia-los para o lugar que possam ter seu descanso.

    O Vampiro então para, com um olhar pensativo, como se por um breve instante contemplasse sua missão como imortal e conclui:

    -Pode pensar em mim como um Pastor Mademoiselle du Champagne, guio aqueles perdidos, tanto para seu descanso se merecerem, quanto para sua punição.

    -Porém, me deterei a fazer isso quando não estiver em sua presença, sei o quanto isso pode ser perturbador pra muitas pessoas.

    Um sorriso maquiavélico se desenha no rosto do Vampiro, que fita brevemente Anne e por fim, volta a sua postura séria. Matteo era um excêntrico, com gostos, costumes e pensamentos nada convencionais para um mortal ou mesmo um morto-vivo.
    avatar
    Amelie

    Mensagens : 12
    Data de inscrição : 30/04/2018

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Amelie em Sex Maio 11, 2018 12:15 pm

    *Amélie mantém o sorriso, não havia muito a ser acrescido nas palavras de seu acompanhante.
    Esperariam pelos dois que faltavam, enquanto isso teriam de ali ficar. A toreador estava um tanto quanto exasperada, detestava percalços e atrasos, que agora seriam inevitáveis afinal.
    As palavras da Nosferatu deixavam Amélie bastante surpresa, não podia deixar de admirar aqueles que mantinham fé, mesmo após conhecerem a verdade, assim com a preocupação dela com mortes desnecessárias a deixava bastante surpresa.
    Para ela, era contraditória a crença em um Salvador.*

    -Pois então esperaremos.


    *Uma vez mais, a voz melíflua, parece acariciar o pescoço de seus interlocutores. Sem murmurar mais nada, ela mais uma vez agarra-se ao braço do Giovanni, como se ele pudesse lhe salvar a vida. Escuta as palavras dele com um pouco de divertimento, mas nada transparece em seu semblante.
    A única coisa em que ela acreditava, era em si.
    Mordendo o lábio quase que imperceptivelmente, ela refreia os comentários sobre a visão do Giovanni como um “pastor”, a imagem da vara de porcos saltando do penhasco lhe vêm à mente, ela poderia não acreditar, mas conhecia o livro dos cristãos.
    Não demonstraria desrespeito às crenças de nenhum dos dois.*
    avatar
    Night's Lord
    Admin

    Mensagens : 412
    Data de inscrição : 09/03/2016

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Night's Lord em Sex Maio 11, 2018 7:17 pm

    Não demora muito todos ouvem uma carruagem chegsr, e lá desce um homem todo arrumado de fraque preto e cartola preta com uma faixa azul escura na parte de baixo do chapéu circundando-o inteiro.

    Ele se apresenta como Rafalot, emissário da Regente de Londres e região sobre questões da Germânia,  e era um prazer conhecer a tão afamada Sra du Champagne,  conhecida como o Terror da Espada. Ele também os comprimenta de forma cordial e educada, a moda de um verdadeiro cavalheiro.


    Rafalot  - Pelo visto tivemos alguns imprevistos nessa noite... Uma pena, esperava estar hoje ainda em Londres. A Germânia é um local interessante,  mas nada como a nossa terra e nossos bons costumes.

    Então,  estamos esperando alguém ou podemos

    Nisso a Primigênie sorri, acende um cigarro e dá uma "tragada", e diz que ainda esperavam um último convidado, e mal se toca no assunto, outra carruagem, e logo um senhor saí dela, com gestos cavalheiresco,  mas tipicamente militar chega e se apresenta sendo Mc Cain, um criado do Sr. Will o benfeitor, e que pedia desculpas pela demora, mas houve alguns imprevistos na saída de Berlin.

    Então sem mais delongas, a Primigênie Nosferatu os guiam por uns caminhos meio tortuoso até que chegam em um estaleiro particular, onde um navio comercial, mas muito bem feito, o esperavam, e sem demoras todos entram e vão se acomodando, até que por fim o barco parte ao barulho dos remos dos empregados do Navio...
    avatar
    Matteo

    Mensagens : 13
    Data de inscrição : 07/05/2018

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Matteo em Sex Maio 11, 2018 8:26 pm

    Matteo-Todos

    Matteo aguardou por um bom tempo, até que carruagem se aproximou, ao ser cumprimentado pelo homem que se apresenta como Rafalot, o Giovanni, faz uma breve reverência em resposta, porém nada diz a não ser um cordial:

    -Boa noite, é um prazer.

    Assim que o próximo convidado chegou, Matteo o cumprimentou de maneira cordial assim como fez com o anterior e logo se dirigiram para caminhos tortuosos que levaram até um estaleiro particular:

    "Interessante.." *Pensou*

    Sem mais delongas, seguiu para o Navio, como o combinado, obviamente, guiando Amelie de forma cordial, assim como ela lhe permitia.
    avatar
    Amelie

    Mensagens : 12
    Data de inscrição : 30/04/2018

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Amelie em Sex Maio 11, 2018 9:33 pm

    *A toreador começava a inquietar-se; detestava esperar. Mas não ia deixar isso transparecer. Aquela era a futura primigenie. Ela ainda não se apresentara diante de Queen Anne; mas nunca era cedo demais para demornstrar respeito. Apenas aguardava em silêncio. Não iria demonstrar sua insatisfação. Apenas faz um leve assentimento com a cabeça quando os dois desconhecidos chegam, assim ccim uma mesura educada. Permanece em silêncio e se deixa guiar por Matteo aquilo tudo já havia perdido o brilho da novidade dia te dos olhos cor de safira que percorriam tudo sem nada perder.
    Ao chegarem no estaleiro; uma vez mais ela onze e cada detalhe. Torcia para que não ocorresse nenhum ataque àquela nau.
    avatar
    Night's Lord
    Admin

    Mensagens : 412
    Data de inscrição : 09/03/2016

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Night's Lord em Dom Maio 13, 2018 9:08 am

    Matteo

    Matteo, dormindo em sua cabine, você se vê em um local estranho, uma espiral descendente que parecia levar a outro mundo, e parece que esse mundo o chamava e você começa a descer a espiral; assim que você coloca o pé no primeiro degrau, você tem certeza de aquilo ser uma entrada a outro mundo e sentia uma enorme vontade de seguir, mas uma voz, uma voz profunda, antiga lhe chama de cima da escadas, na entrada logo atrás de você.

    Voz: - Ainda não é tua hora de entrar aqui, sr dos mortos, pois essa espiral não te levará ao teu mundo, e sim a um outro mundo que não lhe diz respeito, e caso adentres, acabará por ser morto pelos guardiões do portal, e é exatamente isso que os espíritos malignos que passaram a habitar essa terra antiga terra, querem, pois o sr. é um inimigo ímpar.

    Tome cuidado ao chegar, eles tentarão a todo momento te corromper ou te destruir.
    avatar
    Matteo

    Mensagens : 13
    Data de inscrição : 07/05/2018

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Matteo em Dom Maio 13, 2018 1:06 pm

    Matteo-Narração

    Matteo se via ao pé da a escadaria, a essa altura não era difícil entender que não estava em seu plano terreno e sim em algum acesso para o mundo dos mortos. Mas algo o chamava e esse chamado era tão forte quanto a curiosidade do Giovanni de ver o que havia no final da escadaria, afinal, como estudioso das artes ocultas e dos mortos, aquela era uma oportunidade ímpar de conhecimento.

    ....

    Quando o pé de Matteo desceu o primeiro degrau, quase como se tivesse vida própria, a Voz profunda e Antiga se faz presente, o que fez o Giovanni deter seu avanço, olhando para o alto, como se buscasse com os olhos de onde vinha a voz, Matteo a ouvia com atenção. Algo que aprendeu com seu senhor Augustus é que qualquer voz que lhe dirigisse a palavra, deveria ser ouvida e compreendida.

    ....

    O Giovanni fica em silêncio por alguns minutos, como analisasse o alerta que recebeu, então voltou seu olhar para o fundo da escadaria espiral e disse:

    -Entendo...Sinto algo muito forte me chamar... Mas após suas palavras sinto que não estou preparado para entrar nesse lugar... Ao menos não ainda...

    Com um pouco de esforço, porém, forçando sua vontade obstinada, o Giovanni sobe o degrau que descera e questiona a Voz:

    -Então me diga, se me trouxe até aqui, o que quer de mim?


    Matteo então ficou em silêncio, apesar da situação confusa e aterradora, estranhamente falava de maneira calma, controlando-se contra o impulso lascivo que o tomava, de descer até o fim das escadas. enquanto esperava uma resposta.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Introdução a Matteu Giovanni Amelie Brochard

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Maio 22, 2018 3:17 am